Pesquisar
Imprimir
Procura de revendedor
load google maps

Pastas

A estrutura das pastas corresponde essencialmente à das massas. No entanto, a percentagem de lubrificantes sólidos é substancialmente maior. Isto garante uma a??o de lubrifica??o, separa??o e prote??o contra a corros?o mesmo no caso de utiliza??o sob condi??es de temperatura e press?o extremas e com agentes agressivos.

Pastas para fácil montagem e desmontagem

A estrutura das pastas corresponde essencialmente à das massas. No entanto, a percentagem de lubrificantes sólidos é substancialmente maior. Isto garante uma a??o de lubrifica??o, separa??o e prote??o contra a corros?o mesmo no caso de utiliza??o sob condi??es de temperatura e press?o extremas e com agentes agressivos. As pastas s?o utilizadas tanto a nível das uni?es roscadas como da montagem de pinos e pernos à press?o, bem como em rodas dentadas.

Características de pastas

 Características  Norma  Descri??o
 Teste Press-Fit   Fornece informa??es sobre o poder de lubrifica??o de pastas a uma press?o muito elevada e baixas velocidades de deslize (relevante para pastas de montagem)
 Coeficiente de fric??o da rosca  DIN 946 O coeficiente μ durante o aperto de porcas e parafusos é determinado num banco de ensaios de parafusos (relevante para pastas para parafusos)
 Binário de separa??o

 DIN 267-27

Rela??o entre o binário de separa??o necessário e o binário de aperto na separa??o da uni?o aparafusada
 Temperatura de utiliza??o  

Lubrifica??o: Os óleos e outros lubrificantes sólidos s?o eficazes
Separa??o: Após a evapora??o do óleo, efeito de separa??o através de lubrificantes sólidos

Estrutura das pastas

A estrutura das pastas de alto desempenho é semelhante à das massas.
A diferen?a essencial consiste no elevado teor de matérias sólidas, típico tanto das pastas de montagem (apenas efeito de lubrifica??o), como das pastas para parafusos (efeito de lubrifica??o e de separa??o).

áreas de utiliza??o de pastas

O ambito de aplica??o das pastas depende consideravelmente do teor de lubrificantes sólidos.

 Lubrificante sólido

Temperatura de utiliza??o máxima [°C]  Aplica??o
 PTFE  < 300 Montagem, influência dos fluidos

 MoS2

 < 450 Montagem, processos de montagem sob press?o
 Alumínio  < 1100 Uni?es roscadas a altas temperaturas
 Cobre  < 1100 Uni?es roscadas a altas temperaturas,
"Pasta "anti-gripagem", condutividade elétrica
 Níquel  < 1400 Uni?es roscadas a temperaturas extremas
 "óxidos" ceramicos  < 1400 Uni?es roscadas a temperaturas extremas, uni?es roscadas de a?o inoxidável

 

  • Contacto

    OKS Spezialschmierstoffe GmbH

    Ganghoferstr. 47
    82216 Maisach
    Germany

  • Combinar chamada de resposta

  • Tribology Basic Knowledge

    Tribology Basic Knowledge

    Fundamentals about lubricants and tribology

    Download
汤姆高清影院-汤姆官网